Dirigentes dos Sindicatos Rurais da região nordeste falam sobre os desafios e traçam metas de gestão

Vice-presidente do Sindicato Rural de Barra do Garças, Eduardo Baroni.

“Em nosso sindicato, além do trabalho principal que é defender os direitos dos produtores rurais, também proporcionamos vários benefícios aos sócios, como descontos em consultas, exames, equipe jurídica e consultoria contábil. Apesar do avanço, sabemos que ainda temos muito a melhorar. Nossa principal meta é atrair novos sócios para a entidade, afinal quanto mais produtores juntos trabalhando em conjunto, mais forte se torna o Sindicato Rural”.

 

Presidente do Sindicato Rural de Torixoréu, Alzeu Alvez Mendonça.

“Estou a frente do Sindicato Rural de Torixoréu a alguns meses e nossa diretoria está buscando melhorar a atuação do sindicato para atrair mais produtores. Já temos alguns benefícios, como descontos no comércio e os cursos do Senar-MT, porém ainda sentimos que há muito o que melhorar. Nosso foco é atrair mais o produtor para participar das nossas ações e com esta capacitação e o planejamento estratégico do PDS poderei me preparar melhor para definir as metas da nossa entidade, além de me aproximar mais da Famato”.

 

Presidente do Sindicato Rural de Nova Xavantina, Mauri Evangelista.

“Em Noxa Xavantina, o Sindicato Rural desempenha um papel bastante importante no município. É uma entidade muito respeitada que participa da sociedade. Nossos sócios são participativos, procuramos fazer reuniões mensalmente, mas nem sempre é fácil reunir os produtores para discutir os assuntos de interesse do setor. Creio que o que mais precisamos focar é na melhoria dos benefícios e estamos trabalhando para oferecer assistência técnica e contábil aos associados”.

 

Presidente do Sindicato Rural de Cocalinho, Aparecido Sterza.

“Nosso trabalho no Sindicato Rural de Cocalinho melhora a cada dia. No município, onde predomina a pecuária, resolvemos, há alguns anos, construir um tatersal onde realizamos leilões de gado. Além de ser fonte de renda para o sindicato, também proporcionou a divulgação da cidade em todo o país. Agora estamos trabalhando para a construção de um centro onde reuniremos as crianças e jovens do município para a realização de cursos e atividades extra-curriculares voltadas para a agropecuária e também na contratação de um veterinário e um agrônomo para prestar serviços aos associados. Também queremos incentivar o potencial para implantação da agricultura na região”.

 

Presidente do Sindicato Rural de Canarana e vice-presidente da Famato da região nordeste, Marcos da Rosa.

“Em Canarana o sindicato tem bastante representativa na sociedade. Oferecemos alguns serviços aos associados como plano de saúde, serviço de contador e descontos no comércio local. Também procuramos estar sempre por dentro dos assuntos que nos dizem respeito, como as questões ambientais e tributárias e sempre participamos das ações da Famato  e repassamos todas as informações aos produtores. Nossa equipe é treinada para atender sempre muito bem o associado que nos procura, mas muitas vezes a comunicação com os produtores é complicada. Muitos não se interessam pelo sindicato e trabalhamos para reverter este cenário”. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s