Mato Grosso tem muito à mostrar ao mundo em matéria de produção sustentável, segundo conselheiro do Senar-MT

Estamos no Rio de Janeiro fazendo a nossa parte, pois Mato Grosso tem 62% do seu território preservado ou seja 2/3 em propriedades rurais que representa 36,97 milhões de hectares. Estamos propondo ao mundo que faça igual ao Brasil e em defesa da terra construir juntos o Código Florestal Mundial. Sabemos que o meio ambiente não respeita fronteiras, de nada adianta para as futuras gerações se apenas os brasileiros fizerem seu dever de casa. Portanto, estamos aqui no Rio de Janeiro representando os produtores de Poxoréu, de Mato Grosso, e do Brasil para que todos saibam da importância da natureza. Defendemos o direito do produtor produzir, preservar com responsabilidade. Sabemos ainda que os produtores rurais são os verdadeiros responsaveis pelo 62% de preservação. A Rio + 20 só terá forte avanço se os chefes dos países ricos meterem a mão no bolso. De nada adianta palavras bonitas. Tem que ter ação! Eles não podem ficar debaixo do cobertor da crise mundial usando-a como desculpa. As responsabilidades têm que ser proporcional à poluição emitida por cada país.

Jose Jorge Sobrinho é Conselheiro do Senar-MT.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s