Famato participa do Estradeiro do Movimento Pró-Logística pela BR-158

Mais um Estradeiro do Movimento Pró-Logística iniciou nesta semana. Desta vez, a comitiva formada por integrantes da Famato, Aprosoja, Secretaria de Transportes do Governo do Estado e da CNA percorrem a BR-158, passando por dez cidades nos estados de Mato Grosso, Pará e Tocantins. O objetivo é avaliar as condições das estradas e obras na região do Vale do Araguaia.

Confira o relato do gestor do Núcleo Técnico da Famato, Eduardo Godoi, sobre o primeiro dia de viagem (03.09)

“O grupo saiu de Primavera do Leste rumo à Paranatinga via MT-130. Vimos muito milho e algodão nas bordas da rodovia, evidenciando as tão faladas e ainda pouco estudadas ‘perdas pós-colheita’. Lembrando que a Aprosoja em parceria com a Universidade de Illinois e o Instituto ADM estão pesquisando sobre o assunto. Presenciamos também muitos buracos na pista que, em boa parte é de concreto, o que não é muito normal por aqui. Verificamos que existe um pequeno saldo de algodão aguardando a colheita nesta região.

Image
Muito milho às margens da rodovia.

Passado uns 100km de Primavera do Leste o restante de milho e algodão vão ficando para trás dando espaço às pastagens, na maioria degradadas, que nos acompanham até Paranatinga. Aos poucos a estrada melhora.

Image
Em alguns trechos há muitos buracos na pista.

De Paranatinga fomos até Gaúcha do Norte. Neste caso o asfalto acabou e percorremos estradas de terra. Foram 200km em mais de três horas e meia de viagem. Visualizamos muita pastagem degradada e a agricultura entra com força! São fazendas e fazendas preparando o solo para o plantio de soja, enquanto o gado é empurrado para outras áreas e, em alguns casos, simplesmente eliminados da propriedade. Conforme nos aproximamos de Gaúcha do Norte, o solo vai ficando mais vermelho e os sinais de agricultura são evidentes na chegada da cidade (silos, revendas, tradings, etc).  Segundo os participantes do estradeiro, este trecho melhorou em relação ao ano passado.

Image
Uma parte da equipe do Estradeiro da Aprosoja e do Movimento Pró-Logística.

Após o almoço em Gaúcha do Norte, percorremos mais 160 km de estrada de chão. Apesar da terra, o percurso está bem cuidado e chegamos sem muitos problemas a noite no município de Canarana.

Tomamos um ‘banho de gato’ e já fomos para o Sindicato Rural para um pequeno simpósio sobre logística.

Image
Simpósio sobre logística no Sindicato Rural de Canarana.

Agora seguimos para Porto Alegre do Norte, via BR-158, parte no piche, parte no chão!

Até!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s