Sistema Famato promove Missão Técnica aos Estados Unidos

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) farão uma Missão Técnica este ano para os Estados Unidos da América (EUA). A viagem será de 27 de fevereiro a 07 de março.

A programação inclui a participação no Cattlemen’s Day (o dia de Pecuarista) na Universidade Estadual do Kansas – Kansas State University, além de visitas ao Departamento de Agricultura dos EUA (United States Department of Agriculture – USDA), onde haverá reuniões sobre produção de carne, e na Federal Farm Bureau (representante da classe dos produtores) em Whashington, onde o grupo vai conhecer os modelos de gestão, as ações que estão sendo feitas em relação à representação da classe produtora nos EUA.

A comitiva de 24 pessoas, composta por técnicos do Sistema Famato, produtores rurais e presidentes de Sindicatos Rurais, visitará confinamentos e propriedades de cria e de leite na cidade de Garden City e irá se reunir com gerentes e diretores da ABS (empresa de genética).

Na Universidade do Kansas as duas propriedades vencedores do Prêmio Sistema Famato em Campo (Vale Verde, de Nova Bandeirantes, e Boqueirão, de Santo Antônio de Leverger) ganharão destaque internacional ao apresentarem seus “cases” de sucesso no evento Cattlemen’s Day, no dia 04 de março. “Esse evento é dedicado exclusivamente à pecuária de corte. Além das palestras ministradas pelos professores da Universidade durante o evento, os integrantes da missão percorrerão no dia seguinte as instalações, confinamentos e laboratório de inseminação artificial da Universidade”, informa o gestor do Núcleo Técnico da Famato Guto Zanata.

Foto tirada do grupo que participou da Missão Técnica para os EUA em 2012
Grupo que participou da Missão Técnica para os EUA em 2012

De acordo com o gestor, os produtores rurais terão a oportunidade de fazer integração com professores, alunos e outros produtores dos EUA. “Poderemos tirar dúvidas, fazer perguntas e também mostrar um pouco das tecnologias aplicadas na pecuária de Mato Grosso”.

Além da oportunidade de participar de uma missão técnica desta envergadura, adquirir novos conhecimentos, verificar os modelos de produção e ações que dão certo, o gestor afirma que será possível trazer na “bagagem” experiências e visão futurista para replicar aos Sindicatos Rurais de Mato Grosso, que consequentemente multiplicarão aos produtores e trabalhadores rurais de suas regiões. “Ganha o produtor que vai participar e ganha Mato Grosso”, destaca.

Para Zanata a missão técnica agrega muito valor, afinal de contas os EUA têm um rebanho que possui aproximadamente a metade do rebanho brasileiro, porém produz o dobro de carne produzido aqui. “Os EUA têm uma eficiência grande na produção de carne. E esses exemplos de sucesso vamos trazer para nosso Estado. Boa parte dessas técnicas avançadas podem ser aplicadas no Brasil, especialmente em Mato Grosso”, reforçou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s